segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

NATAL

NATAL

NATAL é vida
NATAL é luz
NATAL é alegria
NATAL é o sorriso da criança
NATAL é o aconchego do abraço
NATAL é fraternidade
NATAL é o calor do sol
NATAL é o brilho das estrelas
NATAL é a sinfonia do Universo
NATAL é a beleza da Natureza
NATAL é o amor sem fronteiras
NATAL é a paz

NATAL É TUDO O QUE DEVERIA SER OS

365 DIAS DE CADA ANO DE NOSSA VIDA!


MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

NATAL 2010

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

ESTIAGEM

ESTIAGEM

Apesar do solo ressecado,
Pela falta prolongada de chuvas,
Os pássaros continuam cantando,
Felizes buscando o que podem,
Porque galhinhos secos não faltam,
Para fazerem seus ninhos.

Os hibiscos estão floridos,
Cor de rosa e vermelhos,
Parece que buscam esteio,
No mais profundo do solo,
Em busca de um pouco de umidade.

E assim a natureza resiste,
Continua mostrando sua beleza,
Esperando a estação das chuvas,
O começo da primavera,
Depois de tão longa espera.

21/09/2010

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A FORÇA DO AMOR

A FORÇA DO AMOR
 
A força do amor é abrangente,
É quase onipotente,
Aos ataques das paixões,
Nos caminhos e descaminhos,
Ela não deixa o seu ninho,
Guardado dentro das malhas
Finas do coração,
Por onde não penetram as paixões.
Malhas finas de pureza divina,
Que estão acima de qualquer paixão,
Que descontrola e desatina,
Mas não tem a força que anima,
Que acende a chama que clama,
Pela força do amor,
Que habita dentro de mim.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ

20/08/2010


quinta-feira, 29 de julho de 2010

DUETO

O QUE É POESIA

Marcial Salaverry

A poesia para os poetas é vida...
Poetas sempre estão a poetar, brincando,
terminamos por duetar...
A amizade é a poesia verdadeira, e vale pela vida inteira...
A poesia sempre estará espelhando a alma do poeta...
ou seu talento poetal...
Muitas vezes o poeta usa sua inspiração e foge de sua realidade,
mas sempre estará mostrando de sua alma,
a verdade...
 
Marcial Salaverry

O POETA

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

O poeta tem uma conexão,
com a alma e outra com a razão,
olha além do horizonte,
vagueia pelo infinito...
Sente dentro de si a felicidade,
de poder cantar em versos...
A harmonia...
O amor...
A verdade...e
Justiça
 
MDLUZ


quarta-feira, 28 de julho de 2010

UM AMOR, UMA PAIXÃO

UM AMOR, UMA PAIXÃO
 
Um amor é sublime,
Ele sempre nos redime,
Desperta sonhos e emoções,
A união de dois corações.

A paixão é uma explosão,
É como lavas de um vulcão,
Que se não forem logo contidas,
Podem causar destruição.

O amor permanece através do tempo,
A paixão é fugaz, é ilusão,
O amor está aqui e agora,
A paixão já foi embora.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ

28/07/2010


sexta-feira, 16 de julho de 2010

EU QUISERA

EU QUISERA

Eu quisera ser o teu amor,
Ser uma pessoa querida,
No abrigo do teu coração.
Eu quisera poder sonhar,
Que temos fortes laços,
Nos abraços e entrelaços,
Poder sentir o calor,
Do teu corpo junto ao meu,
E que isso não fosse quimera,
Mas a realidade sincera,
De um grande amor.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ

quarta-feira, 14 de julho de 2010

IL DIVO

IL DIVO

Esses meninos lindos,
Essas vozes abençoadas por Deus,
Tem um que de divino,
Tem um cenário de magia,
É tudo o que se queria,
Para em sonhos se envolver,
Sentindo toda a sintonia,
Da beleza que contagia,
Que manifesta uma alegria,
Uma vontade de se perder,
Nessa doce sinfonia.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ
12/07/2010

sábado, 3 de julho de 2010

GNOMO DE JARDIM

GNOMO DE JARDIM


Um gnomo de jardim,
Alegre e saltitante,
Mas muito arrogante,
Com seu gorrinho deselegante,
Achando-se muito importante,
Coitadinho, tão falante,
Hoje chora o pobrezito do gnomo...

"Não chores por mim ARGENTINA"...

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ

03/07/2010

sexta-feira, 2 de julho de 2010

AVASSALADOR


AVASSALADOR

"Chega sem avisar..."

São ventos que chegam,
Formando tornados,
Carregando para todos os lados,
O que encontra pela frente.

São as chamas que destroem as matas,
Espalhando-se rapidamente,
E os animais simplesmente,
Ficam do seu habitat carentes.

São as águas que caem em dilúvio,
Os rios que transbordam sem piedade,
Arrastando sem contar idade,
As casas, as pontes, a terra e o chão.

São os tremores de terra,
As grandes catástrofes, destruição total,
Sem que o homem perceba o mal,
Que está causando para si mesmo.
 
MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ
02/07/2010


quinta-feira, 24 de junho de 2010

CIGANA

CIGANA
 
A cigana dança...
Num rítmo envolvente,
Numa música caliente,
Ela gira, gira...
Pandeiro na mão,
Seus pés riscando o chão,
Suas saias rodopiam,
Seus lábios suspiram,
O círculo formado em sua volta,
As palmas sonoras,
São como aves canoras,
Soltando seu canto na amplidão.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ





sexta-feira, 18 de junho de 2010

PITONISA

Ela tem mãos de luz,
Dos seus dedos saem raios dourados,
Que se abrem em leque,
Sobre aquele que esteja recebendo,
A energia de suas mãos,
Ela se esconde no anonimato,
Mas ela é um canal,
Da energia e do poder divinos,
Que se conduzem,
Através da chama violeta,
Do grande MESTRE SAINT GERMAIN,
E cai lentamente como chuva de prata,
Que se transmuta suavemente,
Numa energia dourada,
Do nosso MESTRE JESUS.

NAMASTÊ!

De MARILZA para WILMA APPARECIDA COSTA MORAES

Terapeuta REIKIANA

segunda-feira, 14 de junho de 2010

SANTO ANTONIO

SANTO ANTÔNIO



Santo Antônio, o santo milagroso, que por sua imensa sabedoria, bondade e caridade, conquistou a graça divina de poder se bilocar (uma delas visitando seu pai) muitas vezes. Quando decepcionado com os homens, por não darem ouvidos às suas pregações resolveu ir pregar aos peixes do mar, e esses vieram à tona das águas, colocando suas cabecinhas para fora da água para ouvi-lo (esse foi um dos milagres de Santo Antônio).
Santo Antônio viveu na época em que as mulheres precisavam ter um dote para se casar. Santo Antonio arrecadava dinheiro para formar o dote das moças pobres, para que elas pudessem se casar e com isso recebeu o título de Santo Casamenteiro.


Que santo Antônio continue nos abençoando hoje e sempre.
Assim seja.


MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ

13/06/2010




segunda-feira, 7 de junho de 2010

JUNINO

JUNINO
 
Mês de junho chegou...
Santo Antônio, São Pedro, São João,
Tem fogueira, tem quentão...
Tem abraço apertado,
Tem namorico no portão...
 
Viva Santo Antônio,
O Santo casamenteiro,
Que ajuda moça solteira,
A arrumar um companheiro.
 
Eta! Vamos que vamos...
Que a festa está pegando...
O arrasta pé está chegando...
E a fogueira está queimando...

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

07/06/2010


domingo, 6 de junho de 2010

VITÓRIA 2010


VITÓRIA 2010

Na camisa da seleção brasileira,
Encontra-se o que temos no coração,
As cores da nossa bandeira,
E o empenho pela vitória da nossa seleção.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

06/06/2010

domingo, 30 de maio de 2010

AMIGO FIEL

AMIGO FIEL

O melhor amigo do homem,
Companheiro fiel,
Amor incondicional,
Acompanha o seu dono,
Na alegria e na tristeza,
Veja o mendigo de rua,
Com seu leal companheiro,
E como ele divide com ele,
O pouco alimento que tem,
O olhar carinhoso,
O aconchego gostoso,
Dessas maravilhosas criaturas,
Que nos foram dadas por Deus,
Para serem amados,
Respeitados,
E não massacrados,
Pela maldade e incompreensão,
Da beleza e do carinho,
Que representam em nossas vidas.
 
Respeitem os animais.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

sexta-feira, 28 de maio de 2010

OUTONO

OUTONO

As folhas caem amareladas pelo chão,
Como chuva suave, mansa...
O chão fica totalmente forrado,
Pelo tapete amarelado,
Que afofam os passos,
Enquanto nossos pés afundam,
Nesse acolchoado de folhas,
Vamos nos voltando para nosso interior,
Tempo de recolhimento,
Tempo de meditação,
Avaliando os sentimentos,
Guardados dentro do coração.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

27/05/2010

quarta-feira, 26 de maio de 2010

PERDÃO


PERDÃO

Nunca se é velho demais, ou jovem demais,
Para se rever posições, para perdoar,
Para sermos perdoados e para amar,
Dizer uma palavra gentil ou fazer um gesto carinhoso.

Não se permita ficar preso aos tropeços do passado,
O que passou, passou e já produziu suficientes danos,
Impeça que permaneça indefinidamente...
A causar estragos em sua vida.

As experiências vividas serviram para nosso aprendizado,
Os bons dias te dão felicidade,
Os maus te dão experiência,
Ambos são importantes para a vida.
 
MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

22/05/2010


sexta-feira, 21 de maio de 2010

O ESPELHO

O ESPELHO

 
Todos os dias você vê seu rosto no espelho.
Olha, mas não enxerga.
É uma imagem conhecida
É uma estampa refletida
Mas, quem mora dentro dela?
 
Olha bem dentro dele,
Converse um pouco com ele,
Descubra quem é aquele
Que está em frente a ti.

Pergunte a ele, quem sou?
Ele dirá a você:
Olhe bem lá no fundo
Que terá num instante a resposta
Estou de passagem no mundo
Mais do que estampa, sou Alma.

 
MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ
 
DEZEMBRO 2004


quinta-feira, 20 de maio de 2010

TE AMO, ETERNAMENTE, TE AMO

Te amo, eternamente, te amo
 
Marilza Pereira Calsavara
Mdluz

Te amo, eternamente, te amo...
Esse amor que é só encanto,
Através do tempo que vai passando,
Ao outono do amor chegando,
Como folhas de outono caindo,
E os caminhos cobrindo,
De sonhos vividos dourados pelos anos,
De felicidade e de tropeços pelo caminho.
Sinto saudade do teu abraço,
Que me envolve num aconchego,
E me diz num chamego,
Eu te amo!

*********************

quarta-feira, 19 de maio de 2010

CAFÉ DA MANHÃ

CAFÉ DA MANHÃ

Um café da manhã,
Com uma amiga muito querida,
É tudo que se precisa,
Para ter um lindo dia.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ
19/05/2010

CPAC

CENTRO DE POESIA E ARTE DE CAMPINAS




Marilza Pereira Calsavara participante de 36 Antologias Literárias e Autora de livros de Poesias, participando com uma de suas belas composições literárias, homenageando as mães.



Marilza é nossa mais nova Seguidora!!!! Oba!!!


19/05/2010

segunda-feira, 17 de maio de 2010

ESTRELAS

ESTRELAS

Noite...nos envolve a escuridão,
Olho o céu e uma lua esplêndida,
Parece uma cuia dourada
Guardando um doce mel.

Céu salpicado de estrelas,
Como purpurina dourada,
Lançada por mãos divinas,
Para nos mostrar a sua beleza.

Aquela poeira dourada,
Envolve-me na escuridão,
Sinto a alma enlevada,
Como de Deus me estendesse a mão...
 
Livrando-me da solidão,
Dos pensamentos nefastos.
Lembrando-me que não só está presente
No firmamento...
Mas dentro do meu coração.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

20/04/2010



SEM CURA


SEM CURA

Volto a sonhar de olhos abertos
Fecho-o para tê-la mais perto
Mesmo distante como o sol
Seu perfume permanece no lençol
Indiferente a minha solidão
Meu corpo transpira
A respiração cada vez mais ofegante
Sua lembrança viva como antes
Com seu andar elegante
Sorrindo como sempre após o banho
Vem em minha direção
Olhar e corpo refrescante
Aperto forte o travesseiro
Velho cúmplice e companheiro
Saio em desespero pela rua
Vejo-a nas flores, sombras e estrelas
Próxima como o luar
Sinto sua mão me afagar
Corro em sua direção
Demonstrando todo minha loucura
Tropeço na realidade
De uma dor que não tem cura
 
José Luiz

sábado, 15 de maio de 2010

CIRANDA-DUETO

CIRANDA

Ciranda de poesia,
Ciranda de alegria,
Ciranda de amigos,
Todas elas a girar...

Nesse giro as mãos se unem,
Os corações se resumem,
A um só palpitar...


MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

31/03/2008
**********
 
CIRANDANDO VAMOS POETANDO

Marcial Salaverry

Nesta roda entrando,
vamos todos poetando,
poeticamente cirandando,
nossa alma libertando,
nossos versos cantando,
nosso carinho e amizade espalhando...
Venham amigos, nos acompanhar,
neste alegre e doce cirandar...
Vamos de festa e alegria falar,
vamos também dançar,
e até mesmo namorar,
parados não podemos ficar,
para nao enferrujar...
A Ciranda está aberta,
começando bem esperta,
pra ver se sua veia poetica desperta,
e conosco você se acerta...
Entre na sequencia,
e, assim, com sequencia,
teremos uma Ciranda em consequencia...
Ciranda quem quiser cirandar,
hospeda quem quiser hospedar,
poeta quem quiser poetar,
briga quem quiser brigar,
mas que brigue sozinho,
pois esse não é o caminho
de um alegre Cirandar...
Poetas alegres, querem alegremente poetar...
 
Marcial Salaverry







sexta-feira, 7 de maio de 2010

AMOR

AMOR

Tantas vezes procurado,
E quando é encontrado,
Se aloja calado,
No incauto coração.

De dia ou à noite
No lamento ou no pesar,
Esse coração, não mais livre,
Carrega o amor
Que não pode mostrar e
Silencioso, chora por ti...

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

03/03/2008

quinta-feira, 6 de maio de 2010

ASAS

ASAS

 
Nas asas da imaginação,
O poeta ganha espaço na imensidão,
Com a força necessária,
Para encontrar os céus com asas várias.
Alcançar o paraíso, nas asas do perdão.

Nas asas do amor, voar sem rumo,
Sem sentido, sem aprumo...
Como pássaro alado,
No espaço emplumado,
De cores vivas e brilho acetinado.
 
Oh! Asas planando,
Que o vento vai levando,
Enquanto a brisa soprando,
Lembra que tem outras asas voando,
Ao infinito chegando...
 
MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

10/05/2009



quarta-feira, 5 de maio de 2010

O OUTONO DO AMOR

Homenageando meu marido que completa hoje (05/05/2010) setenta anos
O OUTONO DO AMOR




Mãos dadas, caminhar lento, às vezes vacilante,
Cabeças embranquecidas pela neve do tempo.
Toda uma história de vida a dois está ali contida,
Cheia de vitórias e tropeços, mais a dois vencida.
O outono do amor traz a estabilidade, a confiança,
A necessidade de estar sempre juntos.
Não se consegue imaginar nada feito só por um,
É sempre eu e ele, nós dois juntos.



MARILZA PEREIRA CALSAVARA



MDLUZ



ANO 2002



SONHOS

SONHOS

Sonhar nos transporta ao infinito,
Onde nada é restrito,
Sem medo, soltos, livres...
Sem pensar se irão se tornar realidade.

Sonhos leves, flutuando ao vento,
Sem que estejamos atentos,
À realidade que nos rodeia,
E que às vezes nos prende em uma teia.

Sonhos secretos e guardados,
No cofre do coração,
Só saem em devaneio,
Nas asas da ilusão...

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

20/04/2010

terça-feira, 4 de maio de 2010

DUETO

MARCIAL SALAVERRY

MÃE
 
Mãe tem prazo de validade...
MÃE
Que gera a vida,
Que amamenta,
Que aconchega,
Que acalenta,
Que conduz,
Que orienta,
Que aponta o caminho...

Vence o prazo de validade...
Quando o filho,
Já é capaz de seguir
O seu próprio caminho,
Assumir seus erros e acertos
Utilizar o livre arbítrio...
Será então a MÃE...
Que abraça,
Que escuta,
Que aconselha,
Que dá o ombro,
Sem interferir nas decisões dos filhos.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ

******
 
DIA DAS MÃES... UM SENTIMENTO DE GRATIDÃO

Marcial Salaverry

Neste Dia das Mães,
não podemos apenas
ficar remoendo eventuais penas
que falhas maternas possam ter causado...
Se razões houveram,
e nada nos disseram,
vamos pensar com carinho,
que se estamos neste mundinho,
foi por um ato de amor...
Se fomos alimentados,
pelos seios abençoados,
foi por um ato de amor...
O sentimento de gratidão por este ato,
nos mostra que é hora de desculpar e perdoar,
e esquecer ressentimentos e mágoas,
é assim que realmente teremos
a Paz Espiritual tão almejada...
Paz e Amor, são sentimentos a serem cultivados,
a serem sinceramente praticados,
e não apenas para serem alardeados...
Então, pense apenas com carinho,
relevando o que possa ter havido...
Distribua Paz, Amor e Amizade,
e receberás Amizade, Amor e Paz de volta...
 
Marcial Salaverry


FESTA DA NATUREZA

FESTA DA NATUREZA


A natureza está sempre em festa,
Como a sua beleza atesta,
Os diversos sons da mata,
Os momentâneos silêncios,
O sussurro dos ventos,
O gorjeio dos pássaros.

Em momentos...
Todos cantam ao mesmo tempo,
Parecendo que estão a conversar...
Ou estarão trocando informações,
Sobre as várias estações,
Que terão que enfrentar?

Noutro momento...silêncio,
Parece que estão a meditar,
Como fazer para continuar,
Da festa da natureza participar,
E ao mesmo tempo nos alegrar,
Com sua presença tão colorida.


MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

29/03/2010

FAZENDA VILA SANTA
MINAS GERAIS
Brasil

OLHOS

OLHOS

 
Olhos verdes brilhantes,
Da cor das matas,
Trazem mistérios velados,
Segredos escondidos,
Dentro do coração.

Olhos castanhos risonhos,
Algumas vezes tristonhos,
Por algum amor renegado,
São sempre suavizados,
Por um meigo sorriso.

Olhos negros profundos,
Que são como flechas lançadas,
De tal maneira entrelaçadas,
Que envolvem num segundo,
Os segredos mais profundos...
 
Olhos azuis da cor do céu,
Trazem o brilho das estrelas,
Quando desce o negro véu,
Não importa de que cor eles sejam,
Sempre serão o espelho da alma...

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

31/03/2010



segunda-feira, 3 de maio de 2010

ACRÓSTICO

MÃE




Missão divina
Que a mulher recebeu
Das mãos do Criador.


Manifestação sublime de amor,
Ãlternando com o Amor Divino,
Esplendor dourado como um sol,
Derramado sobre o coração dos homens.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ

A BELEZA DAS MONTANHAS

A BELEZA DAS MONTANHAS




A beleza das montanhas,
Altaneiras aveludadas,
Abraçam as matas,
Num doce aconchego materno.

No vale fica a minha casa,
Casa grande, rústica,
Como deve ser uma casa de fazenda,
Cercada pelo brilho da natureza.

Um lugar de serenidade,
De sons de felicidade,
Dos pássaros que ali habitam,
E fazem seus ninhos.

Do ar sente-se a pureza,
Da brisa a leveza,
Do riacho o murmurar,
Onde da maldade do mundo...
Esquece-se num simples piscar.


MARILZA PEREIRA CALSAVARA

MDLUZ

FAZENDA VILA SANTA
DELFINÓPOLIS
MINAS GERAIS
BRASIL